Majestade Propaganda

Como criar uma mascote para sua empresa.
27 julho 2016

Como criar uma mascote para sua empresa.

Seja qual for o segmento de sua empresa, é imprescindível que seus clientes tenham empatia com seus produtos e seus valores. E isso envolve tanto suas atividades quanto os elementos que se associam a imagem da sua marca. Além da identidade visual, que já discutimos em outra postagem, existe outro elemento muito importante na construção da imagem da marca: a mascote (antes que crucifiquem o autor desde post, mascote é um substantivo feminino, por isso o correto é falar “a mascote”).

Nem todas as marcas tem mascote. Porém, quanto tem, a presença dela transmite proximidade e carisma para seu público. Alguns são inesquecíveis como o boneco de gelatina da Royal ou as vaquinhas do Toddy.

Entretanto, na hora que for criar a mascote para sua empresa, tenha cuidado. Além da imagem que ela vai transmitir para seus clientes, é necessário fazer um planejamento preciso para atingir todos os públicos e não ocasionar nenhum desconforto para nenhuma pessoa ou segmento. Por isso, aqui vão algumas dicas para você criar sua mascote perfeita e conquistar mais seguidores para sua marca.

Seja atemporal

Não se deixe levar por modas e tendências do momento. Sucesso imediato não é bem visto a médio e longo prazo, e sua mascote pode se tornar obsoleta. Já que sua marca ficará muito tempo no mercado, é preciso buscar uma mascote para sua empresa que reflita segurança e estabilidade.

Tente usar elementos que, direta ou indiretamente, fazem relação com a sua marca. Por exemplo, as vaquinhas do Toddy fazem relação entre o leite e os produtos da marca. Mas estabelecer tal relação não é tão simples assim. Mas, às vezes, não é fácil criar esta relação em sua marca. Então, nestes casos, investir na criação de um personagem único, que pode ser a miniatura de um produto ou um humanoide, seja a melhor saída.

Levante todos os pontos

Quando as opções de mascotes estiverem com você, tente encontrar pontos negativos neles que pode representar para alguns grupos. Veja também se aquela figura pode ter outros significados. Também busque informações na Internet para saber se a mascote pode gerar interpretações equivocadas ou ofensivas. Verifique também se alguma marca usa alguma mascote semelhante para que não haja dúvidas sobre cópia ou plágio. Se a mascote também tiver algum bordão ou lema, faça uma checagem também.

Crie uma relação entre a mascote e a identidade visual

Leve em consideração toda a imagem que empresa tem antes de criar a sua mascote. Se seguir a mesma linha, não haverá tantos problemas. Caso queira romper antigos padrões, é muito provável que toda a identidade visual da empresa tenha que ser repensada junto com a comunicação.

Use um personagem flexível

Por ser usado em várias frentes de comunicação, considere se a utilização da mascote é viável antes de aprovar. Veja se é possível criar miniaturas, brindes, animações ou fantasias com a mascote. Também avalie se ela funciona bem com o rótulo de produtos da empresa. Tudo isso deve ser considerado na hora de criar a mascote para empresa.

Preze por uma boa arte

Ter uma grande ideia para a mascote da sua empresa é importe. Porém, se a arte não condiz nada com os seus objetivos, seus esforços foram em vão. Por isso, valorize o trabalho qualidade. Escolha profissionais e empresas que entregaram um trabalho de qualidade para sua empresa. Lembre-se que essa mascote ficará por muito tempo em sua empresa e, após seu lançamento, fará parte da imagem e da comunicação que sua empresa tem com o seu cliente.

Se você chegou até aqui e decidiu ter uma mascote para sua empresa, fale com a Majestade. Temos a solução certa para representar a sua marca.

Agende uma visita Majestade



Pedro Marcolino

Por

Pedro Marcolino

Comente

Voltar para o topo